domingo, 22 de agosto de 2010

História da Vaca Atolada

A Vaca atolada é um prato típico da comida caipira, tem como principais ingredientes costela bovina e mandioca, muito popular em Minas Gerais e outras regiões do Brasil.

Tropeiros valeparaibanos carregavam no embornal carne mergulhada na gordura, o que garantia alimento por um bom tempo, sem deteriorar. Ao longo das trilhas colhiam mandioca, assim podendo misturá-las e cozinhar junto com as carnes, uma comida forte e boa para dias mais frios da serra.

Ao se dirigirem às Minas Gerais, transpondo a Serra da Mantiqueira por terrenos íngremes, frios, irregulares, úmidos e principalmente nos períodos de chuva, o que tornava o solo alagadiço, o gado encalhava e não prosseguia, havia então o momento de remanejamento dos animais, o descanso da tropa e sua alimentação. Assim sendo, foi batizado esse alimento como Vaca Atolada.

No entanto, a receita de Vaca Atolada é tradicionalemte feita com costelas de boi, uma carne que não era aproveitada para compor a comida dos viajantes, e nem servia para fazer o charque ou carne seca. Mas provavelmente é que seja uma comida preparada após o abate do gado, cozinhando as costelas e sua gordura com pedaços de aipim e cebolas.

Ingredientes;
  • 1,5 kg de costela bovina
  • 1/2 kg de aipim (prefira o tipo mais amarelo, que cozinha melhor)
  • 1 cebola grande cortada em rodelas
  • 1 dente de alho picado
  • 2 tomates bem vermelhos picados
  • 1 dose de cachaça, vodka ou vinho tinto seco
  • Sal a gosto
  • Pimenta do reino moída a gosto
  • Óleo ou azeite a gosto
  • Água

Modo de preparo:
  1. Corte a carne em pedaços grandes e tempere com sal e pimenta do reino moída.
  2. Em uma panela de ferro grande, bem quente, frite os pedaços até dourarem por fora, em todos os lados.
  3. Acrescente a cebola e o alho e deixe fritar até a cebola ficar transparente.
  4. Vá mexendo para não queimar (lembre-se, tudo em fogo alto).
  5. Junte o tomate, refogue.
  6. Enquanto isso, jogue a bebida de sua preferência apenas sobre a carne (ajuda a ficar ainda mais macia e saborosa, não se preocupe porque o álcool evapora).
  7. Em seguida, acrescente o aipim (mandioca) e coloque água até tapar a mistura.
  8. Tampe a panela.
  9. Assim que ferver, baixe o fogo.
  10. Acompanhe o cozimento da mandioca.
  11. Quando estiver bem macia, pode servir.

Leva pelo menos uma hora, dependendo da potência do seu fogão.

Origem: Wikipédia
Foto: blogdahora

2 comentários:

  1. gostaria de fazer umas perguntas sobre a culinária mineira.

    1- Quais os principais pratos típicos de Minas Gerais?
    2- Qual a comida normal, no prato do dia-a-dia de cada refeição (café, almoço e jantar)?

    3- Qual a comida das festas e almoços de família?
    4- Quais os tabus alimentares? (religiosos ou não)
    quem poder me ajudar eu agradeço muito. obg

    ResponderExcluir