segunda-feira, 23 de agosto de 2010

História do Feijão tropeiro

O feijão-tropeiro é um prato típico da culinária caipira de Minas Gerais.

Desde o período colonial, o transporte das mais diversas mercadorias era feito por tropas a cavalo ou em lombos de burros. Os homens que guiavam esses animais eram chamados de tropeiros. Até a metade do século XX, eles cortaram ainda boa parte do estado de São paulo, conduzindo gado. O feijão misturado a farinha de mandioca, torresmo, lingüiça, ovos, alho, cebola e temperos, tornou-se um prato básico do cardápio desses homens. Daí a origem do nome feijão tropeiro, numa referência direta aos integrantes do movimento tropeirista paulista.

Feijão de Tropeiro

Feito e tomado o café-de-tropeiro, chega a hora do almoço. O que o tropeiro vai comer? O mais brasileiro dos pratos: feijão.

Receita Típica

Ingredientes:
  • 500 g de feijão carioca ou roxinho
  • 200 g de farinha de mandioca
  • 200 g de toucinho de porco ou bacon
  • 1 concha de gordura de porco
  • 1 colher de sal de alho
  • 1 cebola média em cubinhos
  • 5 ovos
  • Cheiro verde a gosto
  • Pimenta e tempero a gosto
Modo de preparo:
  1. Cozinhe o feijão, retirando do fogo antes que o grão se desmanche.
  2. Peneirar para escorrer.
  3. Numa panela, colocar duas colheres de sopa de gordura ou óleo e fritar ligeiramente o toucinho; acrescentar o tempero e dourar junte a cebola (roxa, de preferência), mexendo sempre.
  4. Reservar.
  5. No restante do óleo, frite os ovos, mexendo rapidamente.
Origem: Wikipédia

Um comentário:

  1. Obrigada, nobre Chef, visitei seu Blog, daqui do Canada aceite os meus parabens, e cumprimentos extensivos a toda sua familia. Um abraco.

    ResponderExcluir