sexta-feira, 20 de agosto de 2010

Pimenta de Macaco

Nome popular: pimenta de negro
Nome científico: Xylopia aromática (I am.)
MartFamília botânica: AnnonaceaeOrigem:
Regiões de Cerrado do Brasil

Características da planta:

Árvore até 6 m de altura com casca escura e copa rala. Folhas com pilosidade em ambas as faces, de coloração verde-intensa. Flores brancas, surgindo de setembro a novembro.

Fruto:

Forma irregular, de coloração esverdeada. Polpa avermelhada contendo sementes escuras, quase negras, envoltas por arilo branco. Frutifica de abril a julho.

Cultivo:

Prefere solos arenosos e ricos em matéria orgânica. Possui desenvolvimento lento e sua propagação é feita por sementes.

A pimenta de macaco, também conhecida como pimenta de negro, faz parte da família das Anonáceas, sendo parente, portanto, dos araticuns, da pinha, do biribá, da graviola e da pindaíba.

Ocorre, espontânea e basicamente, na região dos Cerrados e dos Campos Cerrados do meio do Brasil. Apesar de apresentar uma distribuição ampla que abrange os Estados de Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e parte de São Paulo, a pimenta de macaco tem uma ocorrência bastante irregular e descontínua.

A árvore da pimenta de macaco tem pequeno porte,  para Harri Lorenzi, tem características bastante ornamentais em virtude da forma incomum de sua copa pouco densa, de galhos compridos e finos.

Seus frutos assemelham-se muito aos frutos de várias outras Xylopias ou pindaíbas brasileiras, em que as partes do fruto se apresentam separadas, conferindo-lhes um aspecto de cacho.

Quando maduros, os frutos da pimenta de macaco abrem-se completamente em duas partes, expondo a polpa fina de cor vermelha e as sementes pretinhas, brilhantes e levemente enrugadas, que ficam ali guardadas. Essa polpa, chamada arilo, é avidamente procurada e consumida por várias espécies de pássaros.

Talvez, além de chamar a atenção desses animais pelo aroma que possui, a cor meio avermelhada e meio rosada da polpa do fruto da pimenta de macaco se destaque da copa de folhas verdes, constituindo-se também em um excelente chamariz.

Este afilo, que envolve as sementes e reveste o fruto, assim como suas próprias sementes, apresentam um leve sabor ardido.

No dicionário de Pio Corrêa, consta que as sementes da pimenta de macaco são aromáticas e condimentares, podendo substituir a pimenta do reino ou pimenta da Índia moída. Dessa forma, costumam servir como tempero nas culinárias regionais brasileiras, oferecendo uma explicação possível para seus nomes populares.

Fonte: seed.pr.gov.br

Um comentário:

  1. Maravilha! Plantei algumas sementes na minha agrofloresta.

    ResponderExcluir