sexta-feira, 19 de novembro de 2010

Pimenta Cambuci ou Chapéu-de-Frade

Espécie: Capsicum baccatum var. pendulum
Origem: Brasil.

Também conhecida por Chapéu de Frade, Chapéu de Bispo, Fria's Hot, Bishop crown, Monk's Hat e Christimas Bell.

Planta vigorosa de caules múltiplos com altura de 135 cm. Flores únicas por no, com a corola branca e manchas esverdeadas nos lóbulos das pétalas. Frutos considerados como pimenta doce, pois são quase desprovidos de picância, embora existam variedades ardidas. Tem formato de campânula ou de sino, medindo 5 cm de comprimento por 7 cm de diâmetro, na coloração verde (imaturo) e vermelha (maduro), pesando em torno de 40 a 50 g, com sementes cor palha que germinam entre 14 e 28 dias. A colheita inicia-se entre 100 e 110 dias apos a semeadura. De pungência doce e muito aromáticos, são usados em saladas, cozidos e recheados.

Está mais para um pimentão do que para uma pimenta, e é usada como legume, como acompanhamento, recheada com carne e assada fica ótima. Apesar da mais comum ser a verde, hoje encontrada facilmente em feiras e sacolões, existe também a vermelha.

Curiosidade: Seu nome "Cambuci", deriva do Tupi, e significa "pote de agua", devido a semelhança entre o formato do fruto e o da vasilha em que os índios guardavam água.

A mais fácil de ser encontrada é a verde, embora exista também a vermelha. Ela se aproxima mais do pimentão e, como ele, é usada como legume em acompanhamento de vários pratos, como suflês e tortas salgadas.

A Pimenta Cambuci (também conhecida como Chapéu de Frade) é de um grupo de pimentas em que a pungência dos frutos é menos intensa. Pode ser consumida fresca, ou em molhos e conservas.

A preparação da pimenta cambuci é relativamente simples. O método mais simples é cortar ao meio para tirar as sementes e as partes brancas. Para receitas que envolvem recheio, é melhor cortar uma fatia com diametro suficiente para passar uma colher pequena de café, e retirar as partes brancas com uma faquinha, e as sementes restantes com o dedo ou com um jato de água da torneira, lavando por dentro. Se não estiver com pressa, deixe a pimenta secar antes de usar.

Todas as idéias abaixo podem ser feitas também com pimentão.

Crua

A Pimenta Cambuci crua pode ser servida fatiada em saladas, ou cortada em pedaços maiores para aperitivo, servida com outras crudités,acompanhada por pastas de queijo, homus, iogurte, etc.

Recheada

O formato da Pimenta Cambuci faz dela um recipiente natural para uma variedade de recheios. Os recheios mais indicados tem como base o arroz, couscous, trigo sarraceno, ou outros grãos. Ao preparar os recheios é importante colocar ingredientes de sabor mais pronunciado (como por exemplo, azeitonas, bacon, nozes, cebolinha, outras ervas frescas, cominho, coentro em pó, sal de aipo, queijo parmesão, outras pimentas, etc.). Uma idéia bem comum é misturar o grão num molho de tomate e carne moída. Eu prefiro fazer com linguiça, de preferência calabresa. A linguiça já vem moída, é só tirar a pele dela e desfazer o recheio na ponta da faca. Para fazer o recheio, refogue os ingredientes, tempere bem, e misture o grão já cozido. As quantidades não importam muito. Se não souber o que fazer, procure uma boa receita de recheio em qualquer livro de culinária mediterrânea.

Coloque o recheio na pimenta com uma colherzinha ou um palito. Se quiser, salpique um pouco de queijo ralado. Ponha numa travessa que acomode todas as pimentas lado a lado, sem deixar muito espaço entre elas. Cubra com papel alumínio, e coloque no forno quente por cerca de meia hora. Tire o papel alumínio e deixe mais uns 10 minutos.

Refogada ou frita

O óleo na panela deve estar muito quente antes de colocar a pimenta, já que ela solta um pouco de água ao cozinhar. Se a temperatura estiver baixa, o líquido se acumula na panela e a pimenta cozinha ao invés de refogar. Experimente refogar as pimentas e quando estiverem prontas (com uns queimadinhos aqui e ali) junte alho picadinho e deixe mais um minuto. Pode-se juntar também uns tomates cereja quando as pimentas estiverem quase prontas.

À moda Oriental

Esquente óleo num wok, junte alho picado e gengibre ralado. Deixe um minuto no máximo, até começar a cheirar. Junte as pimentas cortadas em pedaços, e refogue rapidamente. Pode-se juntar outros ingredientes tipo vagem, cogumelos, etc - qualquer coisa que você já tenha visto num restaurante chinês. Regue com um pouco de molho de soja no final.

No Espetinho

Intercale pedaços da pimenta com cebola, tomate, linguiça, bacon, etc,

Em conserva

Existem infindáveis receitas de pimenta em conserva. Escolha uma que contenha uma boa quantidade de ingredientes fortes (tipo limão, alho, etc), já que a pimenta cambuci não é tão ardida assim. Uma receita básica é assim: Limpe as pimentas, tire as sementes e as partes brancas, coloque num frasco de vidro previamente esterilizado. Esquente um boa quantidade de azeite numa panelinha, junte um pouco de louro, tire do fogo e deixe descansar um pouco para o louro soltar o gosto. Tire o louro, aumente o fogo, e frite uns dentes de alho (pode até ser alho inteiro se quiser). Esprema um limão ou dois nas pimentas, jogue o molho de azeite por cima até cobrir. Tampe e guarde por pelo menos duas semanas.



3 comentários:

  1. Olá. meu nome é Rosemeire. Tenho um blog de artesanato e reciclagem http://rosefrizeira.blogspot.com
    Te achei procurando receitas com pimenta cambuci. meu marido comeu em um restaurante e amou e pediu que eu fizesse. como nunca a comi e tb não posso comer pimenta achei melhor comprar e experimentar...
    Amu cozinhar. tenhos técnicas de dona-de-casa. um dos meus sonhos é fazer gastronomia para aprender sobre os alimentos e cozinhar é claro.
    Espero que não se importe em ter chegado assim sem bater na porta. estou seguindo seu blog para acompanhar tooodas suas novidades.
    Abraços para vc. apareça em casa sempre que quiser, já é super bem-vindo.

    ResponderExcluir
  2. RADIO GOSPEL MUSIC LIFE

    http://crescerevencercomjesus.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. É o melhor tempero que já experimentei! Meu pai cultiva essa maravilha e viciei no sabor. Aqui em casa preparo todas as carnes com alho, sal e cambuci. Viciei nessa delícia! Nunca gostei de pimenta porque arde e o cambuci tem aquele gosto bom sem arder. Puro sabor... Adoro!

    ResponderExcluir